o informativo a serviço do esporte
www.JogadaEsportiva.5c.com.br
wmail: jogadaesportiva@gmail.com - telefone (13) 3016-0658
                       

 A TRIBUNA

 BADOO

 EMAIL_ 5C

Facebook

  GMAIL

 GAZETA_ PG

 HC BARR

 HC_S.P.

 HI5

HOTMAIL

  IG

INSTAGRAN

                       

 LINKEDIN

MySPACE

YouTUBE

 PGNoticias

 SONICO  Tagged  TERRA TWITER UOL Yahoo Valencia

BLOG _5C

                                           
                                           
                                           
                                           
www.lfapg.com.br

BEM VINDO (A) -   SUGESTÕES ESCREVA PARA  ligapg@yahoo.com.br

Sede Central - AV. DOS TRABALHADORES, 3396- V. ANTÁRTICA-CEP 11702-090 - CNPJ 13.291.892/0001-79

Sede Campo Magic Paula - Rua Maria Rosa Correia - Vila Antártica - Cep 11721-070

PRINCIPAL

Clubes Diretoria Arbitragem T.J.D. CAMPOS Fotos
                2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005              
Filiação
Regulamentos
Formulários
Modelos Tabelas
Regras Oficiais
CBJD

TROFÉUS E MEDALHAS

TEL: 3357-0149

    CAMPEONATOS  2018 - ÍNDICE GERAL    

CLIQUE AQUI E ACESSE O APLICATIVO DA SÉRIE A 

CLIQUE AQUI E ACESSE O APLICATIVO  DA SÉRIE B

                           
                           
                           
           

           
                       
                       
                       
                           
                           
                            
     

Em 14 junho de 2016, foi  feita a eleição da diretoria para o período JUNHO de 2016 a 2020


O  Presidente Executivo 

eleito  é o Sr. 

Jaime Alves Guimarães


As normas e regras, são as utilizadas pela CBF e  algumas diretrizes, são aprovadas em Congresso Técnico, valendo a vontade dos clubes.

JAIME ALVES GUIMARÃES

 

 

PRESIDENTE

PROGRAMAÇAO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE
     

PROGRAMAÇÃO 2018 FUTEBOL DE BASE

INICIO FEVEREIRO / MARÇO 2018

CATEG ANO BASE INSCR ARB TEMPO
SUB11 2007 150,00 60,00 20X20
SUB13 2005 150,00 60,00 25X25
SUB15 2003 150,00 60,00 30X30
SUB17 2001 150,00 70,00 30X30
SUB20 1998 150,00 95,00 35X35
 
     

PROGRAMAÇÃO 2018 SÉRIE A

- INICIO 03/JUNHO/2018 

- 2 CHAVES COM 10 EQUIPES

- 4 DE CADA CHAVE SE CLASSIFICAM

- 2 ÚLTIMOS DE CADA CHAVE (4 NO TOTAL)

   CAEM PRA SÉRIE B (2ª DIVISÃO)

- TÉRMINO XXX

 
 

PROGRAMAÇÃO 2018 SÉRIE B

- INICIO 03/JUNHO/2018 

- 2  CHAVES COM MÁXIMO DE  10 EQUIPES

- 4 DE CADA CHAVE SE CLASSIFICAM

- 2 ÚLTIMOS DE CADA CHAVE (4 NO TOTAL) CAEM PRA  3ª DIVISÃO 

- TÉRMINO XXXXXX

 
     

PROGRAMAÇÃO 2017 

VETERANOS 40 

- INICIO  XXXXX

- DIVIDIDO EM CHAVES CONFORME 

  A QUANTIDADE DE TIMES INSCRITOS

- TÉRMINO XX/XX

   
     
 
PROGRAMAÇAO PARA O SEGUNDO SEMESTRE
     

PROGRAMAÇÃO 2018 VETERANOS 35 

- INICIO  NO SEGUNDO SEMESTRE 

- JOGOS  AOS DOMINGOS  PELA   MANHÃ

- DIVIDIDO CHAVES CONFORME A QUANTIDADE DE INSCRITOS - TÉRMINO XX/XX

 


PROGRAMAÇÃO 2018 MASTER-50

- INICIO  XXXX COM JOGOS AOS SABADOS

- DIVIDIDO CHAVES CONFORME A QUANTIDADE DE INSCRITOS

- TÉRMINO XX/XX

 

PROGRAMAÇÃO 2018 SÉRIE C e D 

- INICIO AGOSTO / SETEMBRO

- AS EQUIPES NOVAS E AINDA SEM DOCUMENTAÇÃO, PODERÃO JOGAR A SÉRIE D,  INDEPENDENTE DE QUANTIDADE,   SERÃO DIVIDIDAS EM CHAVES, CLASSIFICAM-SE  AS 16  MELHORES. QUE JOGAM EM CONFRONTO ÚNICO. AS QUATRO  MELHORES E COM A DOCUMENTAÇÃO EM ORDEM, ASCENDEM A SÉRIE B (2ª DIVISÃO)


 

 

 

 

 

 

 

REGULAMENTO ÚNICO, A SER ADEQUADO PARA CADA COMPETIÇÃO

CAPITULO I:

DAS PRELIMINARES

Aos primeiros dias do mês de JANEIRO DE 2018  no Município de Praia Grande - SP, reuniu-se Liga de Futebol Amador de Praia Grande, por seu Presidente Sr. Jaime Alves Guimarães e seus Diretores Eleitos, com  a finalidade de deliberar a elaboração do Regulamento da Liga de Futebol Amador de Praia Grande.para as disputas dos   campeonatos de 2018.

Onde na presença de todos os representantes presentes foi realizado a leitura do Regulamento da disputa da 1º Divisão do ano de 2018.

Logo foi feita a leitura do seguinte Regulamento:

Artigo 1°.

O Campeonato Municipal de Futebol não Profissional da cidade de Praia Grande, promovido pela L.F.A.P.G em 2018 e em conformidade do disposto na Legislação Desportiva pertinente, tendo como Entidade maior a Federação Paulista de Futebol ,  será regido pelas Normas e Condições a seguir:

Artigo 2°.

A adesão ao presente Campeonato é de caráter obrigatório, sendo descredenciado ou rebaixado a divisão inferior automaticamente o clube que optar por não participar do evento, nos termos do Estatuto Social da L.F.A.P.G., e não comportará ressalva.

§ 1°. O campeonato será realizado nas datas e locais fixados pela tabela previamente elaborada e devidamente aprovada pelo Departamento Técnico da L.F.A.P.G., com a obrigação do seu cumprimento, sob pena da perda dos pontos e demais cominações legais;

§ 2°. As Agremiações para participarem do Campeonato deverão estar quites com o cofre da L.F.A.P.G.

§ 3º Deverão apresentar no ato da inscrição toda a documentação do clubes ,conforme exigência do regulamento do ano de 2018, no seu artigo 2º parágrafo 3º

 Paragrafo único:

Segue a abaixo a documentação solicitada:

1º cópia simples do estatuto do clube

2º cópia simples da ata da ultima Diretoria .

3º cópia simples do cnpj do clube.

Que deverá ser protocolizada da secretaria da liga.

Artigo 3°.

 A taxa de arbitragem devera ser recolhida antes do inicio de cada partida com o representante da liga.

Parágrafo Único. O não pagamento da taxa especifica no presente artigo em tempo hábil nele declarada e exigido, acarretará de pontos em favor da equipe adversária, pelo placar de 1x0 (um a zero) sendo considerado como WO, estará eliminada do campeonato  incorrendo nas penas constantes neste regulamento. Se ambas as equipes assim o fizerem, serão ambas punidas com a perda dos pontos estarão eliminadas do campeonato  ficarem sujeitas as demais penalidades que couberem, sendo que todas as partidas realizadas pela equipe anteriormente será computado apenas  01 gol para cada equipe que já jogaram com a equipe .

CAPITULO II:

DAS INSCRIÇÕES

Artigo 4°.

Cada equipe deverá pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ __________ (_____________________________), que serão efetuadas mediante a entrega das fichas de inscrição, conforme datas agendas em reunião com os clubes.

A taxa de arbitragem R$ ___________________________________, por rodada.

Paragrafo único: Só serão aceitas as fichas de inscrição mediante o pagamento da Taxa de inscrição.

§ 1°. Caso o atleta seja menor de 18 anos, a inscrição deverá vir com a devida autorização do pai ou responsável;

§ 2°. Os atletas serão inscritos, mediante ofício da Associação, constando o nome do atleta, preenchimento da ficha de campo e cadastro.

§ 3°. O atleta para ter condições  para a partida à ficha terá que ser entregue na Liga na datas estabelecidas conforme reunião com os clubes  se  a equipe colocar atleta sem a devida inscrição  na  LIGA  perderá  os pontos da partida a favor   do adversário e também perderá  até  06 pontos  na classificação geral.

§ 4°. As veracidades das informações contidas nas inscrições de atletas serão de responsabilidade conjunta entre o atleta e o clube, podendo a agremiação perder até 06 (pontos) pontos na classificação geral, caso se comprove que concorreu com fraude de falsidade ou duplicidade de documentos;

§ 5º Será considerado como atleta inscritos a primeira equipe que der entrada na L.F.A.P.G ,as demais inscrições em duplicidade serão descartadas a não ser se o presidente do primeiro clube que deu entrada na ficha da liga, liberar o jogador desde de que o mesmo não tenha participado do jogo , entendam-se jogando pelo menos um minuto pela equipe e mediante de um requerimento que está no site da liga e deverá ser preenchido em letra de forma e protocolado na secretaria da liga respeitando a data limite da inscrição..

§ 6°. O atleta que foi inscrito em uma determinada equipe, porém não fez nenhum jogo por essa equipe, poderá se transferir para a outra equipe e só poderá participar de uma única divisão ou categoria, excessão , se a equipe manter um time em outra categoria.

Paragrafo único: E o Presidente da equipe que ele se inscreveu deverá assinar um termo de liberação que deverá ser retirado no site ou na Sede da L.F.A.P.G e dentro do prazo estabelecido nas inscrições conforme artigo 4.

Artigo 5º.

Qualquer membro ou Atletas que não tenham condições legais, ou seja, que cumprem suspensão estarão automaticamente proibidos de serem inscritos sob pena de aplicação prevista no art. 214 CDB.

CAPITULO III:

DA PARTIDA

Artigo 6°.

Nos limites do campo serão permitidos além dos atletas, 01 técnico, 01 massagista e 01 auxiliar técnico,  devidamente documentados.

Parágrafo Único: Obrigatóriamente os integrantes mencionados no caput deste artigo, deverão apresentar identificação, Cédula de Identidade , Carteira de Habilitação de Transito ou Carteira de Trabalho.

Os membros da comissão técnica deverão estar devidamente calçado com tênis, e camisa de manga, não será permitido ninguém da comissão técnica ficar descalço na beira do campo, sob pena de ser retirado através do pedido verbal do representante, se caso não atender a solicitação o representante terá o poder de comunicar o árbitro da partida imediatamente, sob pena de ser expulso pelo arbitro da partida.

Os membros da comissão técnica só poderão adentrar  em campo após o inicio da partida mediante a autorização do árbitro

O representante da partida tem pleno poderes de paralisar a partida e informar todas as irregularidades que não estiver nas vista do árbitro inclusive constando obrigatoriamente no relatório todas  as ocorrências que o mesmo achar convenientes para que a comissão disciplinar possa ter fundamentos num possível inquérito disciplinar.

Artigo 7°.

A Agremiação que não comparecer ao campo de jogo no primeiro jogo da rodada que no qual a equipe estiver escalada determinado observando a tolerância de 20 (vinte) minutos, dentro do campo e uniformizado, perderá os pontos por WO em favor da equipe adversária pelo placar de 1x0 ,e estará eliminada automaticamente do campeonato e as demais partidas que a mesma já tinha jogado os resultados serão mantidos , inclusive o gols marcados  e sofridos  e que esta regra do wo vale também para as demais jogos seguintes menos a tolerância de 20 minutos que só é valido para primeira partida da rodada e deverão cumprir seus respectivos horários.

§1º Se caso o atraso partir dos representantes da L.F.A.P.G ou da equipe da Arbitragem, haverá outra partida e os clubes  ficarão isentos dos pagamentos  da arbitragem da próxima partida, cujo jogo não foi realizado, e a liga tomará as providências cabíveis para o ressarcimento deste valor dos respectivos representantes legais que causaram este transtorno , sob pena de não mais prestar seus serviços para a L.F.A.P.G  até que seja sanada a pendencia no conforme inciso  deste artigo. 

§ 2º Caso a equipe estiver dentro do prazo de tolerância em campo, a mesma não perderá o jogo por wo, e terá que aguardar o representante da L.F.A.P.G , relacionar os atletas na sumula , e logo após o representante autorizará o árbitro o inicio da partida, pois cumpriu o prazo determinado pelo regulamento.

§ 3º Os caso omissos os árbitro da partida terão o livre árbitro para resolver sobre a realização dos jogos.

§ 4°. Incorre na mesma punição a equipe que der motivo parar a não realização da partida.

Entenda-se a não realização da partida:

·         Invasão de campo por parte de torcedores, simpatizantes, diretores etc

·         Esconder as bolas das partida, que deverão está na mesa com o representante.

·         Agressão ao qualquer integrante da L.F.A.P.G.

·         Agressão ao trio de arbitragem.

·        O Presidente da Liga, de acordo com as necessidades, poderá alterar o horário dos jogos, respeitada uma antecedência de 72 (setenta e duas) horas antes da partida;

§ 5°. Justificarão o não realização da partida pela Liga, desde que devidamente comprovado através de Boletim de Ocorrência policial ou noticiário de imprensa quando for o caso:

a)    inundação que não de acesso ao local do jogo;

b)    calamidade Pública;

c)    momento de comoção nacional

d)   acidente com toda a equipe, apresentando os respectivos boletins de ocorrência.

DAS SUBSTITUIÇÕES

Artigo 8°. As quantidades de substituições nas partidas serão um total de 7 (sete), ficarão determinadas na elaboração da forma de disputa de cada categoria, independente da posição, ficando no banco devidamente uniformizado, além dos atletas, um técnico, um massagista e/ou um médico e um dirigente, de acordo com a súmula oficial da partida, todos identificados junto ao Delegado da Presidência e todos deverão apresentar o documento pessoalmente para o representante.
Artigo 9°. Para que cada equipe tenha condições legais de jogo, deverá iniciar a partida com no mínimo 07 (sete) atletas, podendo completar o time até o final da partida e ainda efetuar as substituições cabíveis.

Artigo 10°. Os capitães de cada equipes deverão assinar súmula antes do inicio de suas respectiva partida.

DO UNIFORME

Artigo 11°. As agremiações deverão usar os uniformes com as cores, escudo e símbolo que identifiquem seu clube e são previstos em seu estatuto social, salvo quando houver uma parceira de fusão, justificada, anterior ao jogo, sob perda de pontos.
§ 1°. Não há exigência de ordem de numeração para que as equipes atuem, desde que tenham nos uniformes números que identifiquem o atleta, que não sejam repetidos, que sejam uniformes iguais e que a camisa do goleiro seja diferenciada;

§ 2°. Caso em uma partida as camisas sejam iguais e parecidas, e possam confundir o arbitro, mediante pedido deste, deverá a equipe que estiver no lado esquerdo da tabela, como se fosse à mandante, a efetuar a troca, num prazo de 15 minutos, sob pena de perda dos pontos, se a partida não se realizar por este motivo.

§3º É de inteira responsabilidade dos Árbitros ,os usos de materiais citados acima inclusive a cores de meiões e shorts desde de que o mesmo relate em sumula a autorização.

§ 4º Os caso omissos os árbitro da partida terão o livre árbitro para resolver sobre a realização dos jogos.

DAS PENALIDADES

Artigo 12°. O atleta punido com o 3° cartão amarelo ficará suspenso automaticamente da partida subsequente, observando-se a sequência da tabela.

Paragrafo Único: no término da 1º fase os cartões amarelos o jogador que estiver com dois cartões amarelos  este cartão serão zerados, exceto que tomou o 3º cartão no ultimo jogo da fase e cartão vermelho, cumprirá automaticamente a suspensão
Artigo 13°. O atleta punido com o cartão vermelho ficará suspenso automaticamente da partida subsequente, observando-se a tabela  e ainda poderão sofres as sanções prevista na justiça Desportivas..

Artigo 14°. Os atletas que participarem de boicotes ou derem motivos para a não realização de uma partida, ou desistir de disputar a mesma após o seu início, estarão sujeitos a serem eliminados da competição, podendo sofrer sanções de suspensão nunca inferior a 360 (trezentos e sessenta) dias.

§1º O atleta  no decorrer da partida cometer jogada violenta ou agressão física fora de disputa de bola, contra o atleta do time adversário, estará automaticamente eliminado do campeonato, podendo ser suspenso por até 2 anos a contar da data do julgamento da L.F.A.P.G.

§ 2º   O (s) atleta (s) ,diretor (es) , torcedor (es), simpatizante (s), membros da comissão técnica que agredir (em) o arbitro ou algum  membro da Liga , a equipe será eliminada do campeonato e cabendo o direito de recurso e ao amplo e contraditório que será avaliado pela Comisão Disciplinar  e ainda poderão sofres as sanções prevista na Justiça Desportiva e Justiça Comum.

Artigo 15°. Qualquer agressão que por ventura sofrer o árbitro determinado para apitar a partida, dentro ou fora do campo, por seus atletas diretores, simpatizantes e num agravante pela torcida, desde que o mesmo assimile de que clube são os torcedores, e a equipe será eliminada do campeonato cabendo recurso e perderá os pontos da partida a favor da equipe adversária, será eliminada do Campeonato  .

Paragrafo Único:

A taxa para dar entrada no recurso caso seja condenado em 1º instância e de 2 (dois) salários mínimos vingentes.

A taxa do recurso deverá ser paga no prazo de 72 horas após a sentença de primeira instância.

Onde metade deste valor será dividido e acrescido na premiação do campeão e Vice, e a outra metade para pagamento de trabalhos administrativo e honorários advogaticios.

E voltará disputar campeonato na Serie "B" no ano posterior, além de sofrer sanções das penalidades que são previstas pelas legislações desportivas vigentes multa  no valor  a ser estipulado pela liga.

A interrupção da partida poderá ser imediata no caso de agressão física consumada, ao Arbitro, Assistente ou Representante. A equipe causadora da agressão quer seja por torcida, atleta, dirigente, simpatizantes ou membros da agremiação, será considerada perdedora e estará  eliminada do campeonato no caso de agressão pelas duas equipes ambas serão consideradas perdedoras e estarão eliminadas do campeonato não cabendo recurso.

Artigo 16°. Em caso de invasão de campo por parte da torcida, e/ou arremesso de objetos para dentro de campo, a Equipe causadora será responsabilizada, e poderá perder o mando de seus jogos, perda dos pontos e em caso de gravidade multa de hum salário mínimo , que deverá ser pago já na próxima rodada.

§1º A punição prevista nos artigos 15 e 16 estender-se-á as demais categorias da Equipe infratora;

§2º A equipe responsável pelo dano devera indenizar a outra, pelos prejuízos causados em todo perímetro do Campo, no prazo de 10 dias, sob pena do disposto no caput deste artigo e no parágrafo anterior.

Artigo 17°. Não será permitido fogos de artifícios, dentro das instalações das praças de esporte e principalmente dentro das limítrofes do campo a sua utilização indevida implicará na perda de mando de seus jogos, e conforme a gravidade do fato poderá ser caracterizado agressão e a punição será o que determina o artigo 16º deste Regulamento.

Artigo 18°. A partida em que o árbitro ou auxiliares não comparecerem será suspensa e marcada nova data para realização da mesma, e este árbitro ficará suspenso por 3 (três jogos na liga) e pagará o valor da arbitragem para a Liga, em caso que ele não quiser sanar sua despesa não trabalhará pela liga até que ele sane sua pendência. Salvo se apresentarem atestado médico na data do jogo e ligando com antecedência de 2 horas antes da realização da 1º partida cujo estiver escalado para seu representante que deverá comunicar imediatamente  os representantes da L.F.A.P.G

§ O árbitro e auxiliares  terá uma tolerância de 20 minutos de atraso na primeira partida da rodada conforme consta no Artigo 7, onde o representante da partida devera relatar o horário de chegada no seu relatório e encaminhar para L.F.A.P.G

As equipes que em comum acordo concordarem em realizar a partida com um árbitro só, caso o árbitro ou algum auxiliar não compareça no tempo estipulado pelo regulamento conforme artigo 7º .

Seus capitães deverão , assinar um termo de responsabilidade que estará de posse do representante e este termo será anexado na sumula antes do inicio da partida.

Paragrafo único:

Caso as equipes concordarem com a realização da partida não haverá ressarcimento de , valores por parte da Liga.

Vale ressaltar que os profissionais que comparecerem receberão normalmente os valores pagos independentemente se faltou um e o mesmo poderá sofrer as sanções imposta pela diretoria da L.F.A.P.G que poderá ser de uma advertência até uma suspensão.

CAPITULO IV:

DOS JULGAMENTOS

Artigo 19°. Todos os casos de indisciplina e de ordem técnica serão julgados pela Diretoria da  L.F.A.P.G.

§ 1°. Todos os julgamentos deverão ter no mínimo 03 (três) e no máximo 05 (cinco) membros, que se reunirá na sede da L.F.A.P.G.

Não poderá fazer parte da Comissão disciplinar Diretor da Liga caso seu clube seja parte no processo.

CAPITULO V:

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Artigo 20°. Se uma partida acabar por motivos de caso fortuito ou força maior, por mau tempo, escurecimento, tempestade e falta de condições legais e, caso tenha transcorrido 2/3 (dois terços) da mesma, o resultado será mantido.

Artigo 21°. A transferência de jogo perante a tabela, seu horário ou data poderá ser alterado por motivos de força maior ou através de oficio assinado pelas partes interessadas, com 03 (três) dias que anteceder o jogo, prevalecendo à decisão final da L.F.A.P.G..

Artigo 22°. Os jogos serão realizados nas praças de esporte indicadas na tabela e forma de disputa que a L.F.A.P.G. designar.

Parágrafo Único. Os clubes cedentes dos campos deverão colocar as redes, ceder às chaves dos portões, mesa, cadeira e guarda sol, ou seja, dar toda a comodidade necessária para a tranquilidade do evento e a diretoria local ficara responsável pela marcação do campo, quando a mesma jogar em casa., caso ao contrário a equipe que estiver do lado esquerdo da tabela no primeiro jogo deverá levar o  cal com 3 horas de antecedência antes da realização da 1º partida da rodada, ou em comum acordo com 72 horas de antecedência pagar o clube um valor de R$ 20,00 (vinte reais)  mais o valor do material  e este será responsável pela marcação do campo.

CAPITULO VI:

DO MANDO DAS PARTIDAS

Artigo 23°

 O mando das partidas será determinado pela Liga de Futebol, as entidades mencionadas á esquerda da tabela, serão as mandantes dos jogos, para efeitos de troca de uniforme e será responsável pela marcação do campo, sendo que a equipe local com 3 horas de antecedência antes da primeira rodada deverá providenciar a colocação, de redes e da mesa, cadeira e guarda sol para os representantes.

Paragrafo único: o  uso da caneleira será facultativo, porém cada presidente e comissão técnica deverá conscientizar seus atletas sobre a importância do uso do equipamento isentando, a L.F.A.P.G de qualquer sanções ou culpabilidade se caso algum acidente acontecer devido o uso indevido do equipamento de segurança do atleta.

Artigo 24°.

Cada de equipe deverá apresentar ao do representante da Liga antes de iniciar a partida, 02 (duas) bolas em perfeitas condições de jogo.

Parágrafo Único. Se uma partida não iniciar por falta de bolas, as equipes serão punidas, com perda de 01 ponto, e, em caso uma das equipes não apresente bola, pagará  uma multa de R$ 30,00 (trinta reais) por cada bola que deixar de apresentar, essa taxa deverá ser recolhida antes da próxima partida, sob pena de perda de 01 ponto na colocação geral e o dinheiro será revertido para serviços burocráticos da L.F.A.P.G.

§ As equipes deverão colocar pessoas de sua confiança para fazer a recolha das bolas nas praças de esporte , caso a  mesma venha a cair fora do campo.

Artigo 25°.

 Fazem parte cada integrante do regulamento, o Estatuto da L.F.A.P.G., o Código Desportivo da CDJD, as Leis Vigentes, Decretos e Regulamentos Federais, Estatuais e Municipais, pertinentes ao Futebol Amador.

Artigo 26°.

 Cada agremiação deverá tomar conhecimento do presente regulamento e das leis desportivas, não podendo alegar em momento algum, por parte de quem quer sejam atletas, seus representantes, diretores, advogados, no seu conhecimento no todo ou em parte.

Artigo 27°.

Este regulamento foi elaborado pelo Departamento Técnico da L.F.A.P.G., com anuência do Presidente da diretoria e aprovado em Assembleia Geral.

DISPOSIÇÕES GERAIS

Artigo 28°. A Liga de Futebol Amador de Praia Grande estará isenta de qualquer responsabilidade pelos fatos ocorridos com os atletas, torcedores, dirigentes e outros, no decorrer das competições, seja de forma dolosa ou culposa, ficando de inteira responsabilidade das equipes que estiver atuando e seus causadores.

Artigo 29°. Os casos omissos a este regulamento e aos códigos desportivos serão analisados e julgados conforme entendimento da Diretoria da Liga. respeitando sempre o principio da razoabilidade e a moralidade do esporte, e demais órgãos superiores.

Parágrafo Único: Pelo Poder Discricionário, as penalidades previstas no Capitulo IV e V, estarão sujeitas ao acúmulo de Multas a serem revertido a vitima ou indicação da Diretoria da L.F.A .P.G

Artigo 30º. Todas as punições deste Regulamento e decisões da Comissão de Justiça Desportiva serão automaticamente estendidas aos campeonatos subsequentes:

Artigo 31º. A qualquer alteração deste instrumento, caberá a L.F.A.P.G., com a aprovação de 2/3 mais dos diretores.

- A relação entregue na Liga com o total  de 25 (vinte e cinco ) atletas  inscritos por cada agremiação valerá até o termino do campeonato , se alguma agremiação entregou a relação com   menos atletas, ou seja, não completou o limite de 25(vinte e cinco) atletas, deverá   incluir e substituir caso o atleta não tenha participado em nenhuma partida sendo que no  total de 25  atletas na semana que antecede a 6º rodada conforme acordado em reunião com os clubes.

DA PARTIDA

- As partidas serão divididas em dois tempos de 40 minutos cada, com 10 minutos de descanso.que poderão ser paralisados em tempo técnico para hidratação conforme situação climática e em comum acordo dos árbitro e clubes.

- Os horários dos jogos poderão ser às 11:00 hs ás  13,00 e às 15:00 hs por  rodada, com 20 (vinte) minutos de tolerância somente para o primeiro horário ou seja  primeira partida.

- As equipes que jogarem  no  primeiro horário  deverão  liberar  os  vestiários antes do termino do 1º tempo  para  as equipes   que jogarão  no segundo horário e essa para o terceiro jogo, se houver.

- As Associações disputantes, deverão apresentar suas equipes até 5 (cinco) minutos antes da hora marcada para o início da partida.

FORMA DE DISPUTA

Artigo 32º-

  Fase

Será feita a disputa com o limite máximo de 20 (vinte) Clubes ou o acordado pelos clubes, em caso de excessão e que serão divididos em duas chaves  ,  A e B, com 10 clubes cada.

Onde todos jogam contra todos dentro da mesma chave.

Classificando para a segunda fase as 4 melhores de cada chave.    

2ª FASE:

Na 2º fase as equipes que estiverem do lado esquerdo da tabela ou seja as que tiveram as melhores campanhas dentro de suas chaves jogaram pelo empate nas duas partidas denominadas quartas de finais.

- No caso de igualdade de pontos ganhos entre duas ou mais Associações ,em qualquer colocação ao final da  PRIMEIRA FASE do campeonato  para efeito de desempate , aplicar-se –ão  pela ordem e sucessivamente os seguintes critérios   levando-se em consideração os resultados desta fase:

A) Houver conquistado o maior numero de vitórias ;

B) Confronto Direto, somente em caso de empate entre duas Associações;

C) Houver conquistado o maior saldo de gols;

D) Houver conquistado maior número de gols a favor;

E) Tiver o melhor resultado no “ gol   average” ou seja, maior quociente na divisão do número de gols marcados pelo número de gols sofridos;

F) Sorteio público na sede da L.F.A.P.G

- Na 2ª. Fase (quarta de finais), as Agremiações classificadas jogarão entre si e obterá seguinte ordem classificação:

1°. Do grupo A  x 4° Do grupo   B, formando o grupo C;

1°. Do grupo B  x 4° Do grupo   A, formando o grupo D;

2°. Do grupo A  x 3° Do grupo   B, formando o grupo E;

2°. Do grupo B  x 3° Do grupo   A, formando o grupo F;

Parágrafo único: Em caso de igualdade de pontos ganhos entre duas ou mais Associações em qualquer colocação na Segunda Fase, Terceira Fase (Semi Final) e Quarta Fase (Final), aplicar-se pela ordem e sucessivamente os critérios  da 1ª Fase  excetuando-se a letra “B” deste artigo, levando-se em consideração a soma dos resultados de todo Campeonato

- A) Houver conquistado o maior numero de vitórias ;

- B) Confronto Direto, somente em caso de empate entre duas Associações;

- C) Houver conquistado o maior saldo de gols;

- D) Houver conquistado maior número de gols a favor;

- E)T iver o melhor resultado no “ gol   average” ou seja, maior quociente na divisão do número de gols marcados pelo número de gols

      sofridos;

- F) Sorteio público na sede da L.F.A.P.G.

3º Fase:

SEMI FINAIS:

Nesta fase disputados em duas partidas jogos de ida e volta, onde a equipe que teve a melhor campanha no termino da 2º fase joga pelo empate em duas partidas.

- 3ª.  Fase ( semi-final) será disputada e obterá a seguinte ordem de classificação:

 - Vencedor do grupo C  x Vencedor do grupo  F   ,  formando o grupo   G;

 - Vencedor do grupo E  x Vencedor do grupo  D  ,   formando o grupo  L;

4º fase.

Nesta fase a partida que o jogos ficarem empatados ao termino do 2º tempo serão decididos nos pênaltis com o direito de 5 penalidades para cada equipe, persistindo o empate os pênaltis serão alternado até sair o  ganhador.

Vencedor do grupo G  x Vencedor do grupo    L   ,  formando o grupo  M

As equipes   que chegarem na final  não haverá  vantagem, em caso  de  empate  será cobrada penalidades  máximas  até apurar o vencedor..

-Serão outorgados a equipe Campeã e Vice Campeã , troféus e medalhas e para o Campeão conceder uma Premiação que não poderá ser inferior a do campeonato ANTERIOR.

- As duas últimas equipes da chave A e mais a duas ultimas equipes da Chave  B  serão rebaixadas para a serie B no ano posterior.

 

LIGA DE FUTEBOL AMADOR DE PRAIA GRANDE

 

Jaime Alves Guimarães

______________________________________

Jaime Alves Guimarães

Presidente

 

ESPORTE É SAUDE, FUTEBOL E 

PRAIA GRANDE É REALIDADE E PAIXÃO

A LIGA DE FUTEBOL AMADOR DE PRAIA GRANDE, TEM O APOIO DA PREFEITURA MUNICPAL

ECOVIAS cameras tráfego
CONDIÇÕES DAS PRAIAS

COSTA DA MATA ATLANTICA

GUIA DE RUAS E CEPS

CONDIÇÕES DAS ONDAS

 

criação e adm em   www.5c.com.br  - email   -   ligapg@yahoo.com.br